Os segredos para saborear e desfrutar de um bom vinho não depende apenas da escolha do varietal, da safra ou da marca, mas muito da forma de como armazenamos e cuidamos deles. Existem diversos fatores ambientais com forte influência na conservação do vinho. As adegas ou winecoolers são projetadas para proporcionar um ambiente ideal para a conservação e o descanso adequados aos vinhos. Uma boa adega climatizada deve ser um local onde as garrafas fiquem resguardadas dos fatores mais agressivos à condição natural de cada tipo de vinho.

Abaixo listamos os fatores ambientais mais agressivos aos seus rótulos:

• Altas temperaturas. Os vinhos em geral devem ser mantidos em temperatura constante entre 10 e 18ºC, mas isso depende da concentração da bebida. Os vinhos brancos, por exemplo, por serem mais leves devem ficar em uma temperatura entre 10 e 12ºC. Quem deseja armazenar na mesma adega tipos diferentes de vinho, pode optar por aquelas que apresentem diferentes zonas de refrigeração. Procure por adegas com compressor em seu sistema de refrigeração, onde através do termostato é possível o ajuste da temperatura com extrema precisão. Esse sistema, diferentemente dos climatizadores, impede que a temperatura externa interfira na temperatura interna. Cabe salientar ainda que o excesso de calor acelera o envelhecimento do vinho de anos para meses.

• Incidência de luz sempre indireta, a incidência direta de luz solar acelera reações químicas que comprometem os compostos orgânicos, afetando o sabor, cor, aromas, por esta razão encontramos vinhos envazados em garrafas escuras. O ideal é manter as garrafas em local escuro e com proteção dos raios ultravioleta-UV. Na hora de escolher sua adega pense nisso e opte por modelos com vidros reflexivos e escuros.

• Umidade controlada e constante. 60 a 75% de umidade é o valor médio que proporciona a boa conservação e o bom envelhecimento. O excesso de umidade danifica os rótulos e pode desenvolver fungos e outros micro-organismos que afetarão a cortiça das rolhas, já a falta de umidade resseca a rolha comprometendo a vedação, possibilitando a entrada de oxigênio que permite a fermentação alterando as propriedades do vinho (sabor ácido – avinagrado).

Salientamos outros cuidados que você deve levar em conta, no momento da compra de sua adega.

• Baixa trepidação: As vibrações agitam as moléculas do vinho estimulando a fermentação transformando rapidamente vinho em vinagre, além de não permitirem que as partículas em suspensão se depositem nas paredes da garrafa. Compressores inteligentes (anti-vibração), econômicos e com baixo nível de ruído, são de extrema importância no momento da escolha.

• Odores: Não utilize sua adega para conservação de produtos que exalam fortes odores como queijos, carnes temperadas, cebola, alho derivados de petróleo. Alguns modelos de Adegas contemplam filtros de carvão ativado para purificar e filtrar odores indesejados.

• Prateleiras de madeira: Madeiras como Faia ou Carvalho deixam naturalmente um aroma agradável no interior da adega, nos remetendo as tradicionais adegas centenárias, além de atribuir requinte e sofisticação e não danificarem os rótulos em contato com as prateleiras.

• Guias telescópicas por sua vez projetam as prateleiras para fora do gabinete expondo as garrafas e seu rótulo facilitando o acesso e manejo das garrafas.

Como podemos ver, armazenar e conservar vinhos por longos períodos, requer atenção e cuidados para não termos surpresas desagradáveis no momento de desfruta-los

Conheça a linha completa de adegas acessando: https://www.exseletrodomesticos.com.br/loja/catalogo-221653-2-adega ou visite nosso showroom: EXS Eletrodomésticos – Av. Berlim, 400, Loja 01 – Bairro São Geraldo – Porto Alegre / RS

Write A Comment