As cozinhas convencionais estão ocupando e compartilhando espaço com os demais cômodos da casa, para que o ato de cozinhar e conviver seja desfrutado com total interação com os convidados. A coifa é peça chave nestes casos de cozinhas integradas, deve possuir um baixo nível de ruído, sem abrir mão da eficiência, a fim de não interferir naquele bate-papo descontraído ou na audição de sua playlist de músicas.

A solução desta equação é o grande desafio dos fabricantes, importadores e fornecedores: Coifas sem ruído, potentes e funcionais.

Abaixo listamos os quatro principais fatores que influenciam diretamente nos níveis de ruído, no desempenho, independente da origem, da marca ou modelo:

  1. A distância entre o ponto de captação dos vapores da cocção e a saída externa. Quanto menor a distância e menos curvas acentuadas do duto, melhor seu desempenho.
  2. O correto dimensionamento dos dutos para vazão. Independente da potência ou modelo, os fabricantes pedem um duto com diâmetro mínimo de 150mm. Fique atento neste quesito, pois as construtoras muitas vezes deixam a espera com diâmetros inferiores ao solicitado pelo fabricante. Se o rebaixo de gesso permitir e não comprometer a ambientação opte por dutos com 200 mm. A eficiência da exaustão, os baixos níveis ruído e turbulências são proporcionais. Segundo José Alberto, executivo comercial da EXS Eletrodomésticos, “Independente do duto, ser redondo, quadrado ou retangular, sempre tem que ter a área de sessão correspondente. Quanto maior, melhor”.
  3. Evite curvas acentuadas (90 graus), desnecessárias, reduções e estreitamento dos dutos. Cada curva de 90 graus reduz em média de 10 a 15% do desempenho do exaustor e consequente eleva os níveis de ruído. O ideal é que as curvas nos tubos sejam suaves, preferencialmente com deflatores, de modo que o ar possa fluir sem impedimentos, minimizando a perda de pressão.
  4. Quando o sistema de exaustão (duto) passar por áreas de convívio e o rebaixo permitir, pode-se isolar a tubulação através de espuma ou materiais com capacidade de absorver ruídos.

A SOLUÇÃO:

Todas a medidas mencionadas acima melhoram o desempenho e reduzem o ruído consideravelmente, porém duas empresas nacionais a TUBOAR e a COIFATEC solucionaram a equação. Desenvolveram coifas com motores potentes (1.400, 1900, 2.800 m³/h) em que o motor(es) ficam acondicionados em uma caixa galvanizada fora do corpo da coifa e do ambiente. A caixa com o motor é deslocada para área técnica do prédio, área de serviço ou na parte externa da edificação. A montagem de exaustores com o motor externo permite a integração total dos ambientes deixando os níveis de ruído próximos ao ruído de um Split (entre 40 e 50 dB) dentro de padrões internacionais de bem estar e conforto.

Conheça as coifas da TUBOAR e da COIFATEC, acesse: https://www.exseletrodomesticos.com.br/loja/busca.php?loja=221653&palavra_busca=coifatec+e+tuboar

Consulte um executivo comercial para tirar todas as suas dúvidas, através do telefone 0800.6063536 ou venha nos visitar na Av. Berlim, 400 – loja 01, bairro São Geraldo, em Porto Alegre.

Write A Comment